27,99 €
inkl. MwSt.
Versandfertig in 6-10 Tagen
Entspannt einkaufen: verlängerte Rückgabefrist1) bis zum 15.01.2023
14 °P sammeln
  • Broschiertes Buch

O principal objectivo da maioria dos aprendentes de línguas é como conseguir falar fluentemente na língua-alvo. Mas, ao mesmo tempo, é um desafio para os professores desenvolvê-lo e tentar tornar a comunicação nesta língua-alvo parte de situações e contextos quotidianos, devido ao facto de o inglês não ser a língua nativa. Este desafio é ainda maior quando se trata de aulas compostas por um grande número de alunos com cerca de 40 minutos para terminar a aula. Assim, este artigo pretende apresentar uma pesquisa sobre o papel do tempo de fala do professor (TTT) e do tempo de fala do aluno (STT) …mehr

Produktbeschreibung
O principal objectivo da maioria dos aprendentes de línguas é como conseguir falar fluentemente na língua-alvo. Mas, ao mesmo tempo, é um desafio para os professores desenvolvê-lo e tentar tornar a comunicação nesta língua-alvo parte de situações e contextos quotidianos, devido ao facto de o inglês não ser a língua nativa. Este desafio é ainda maior quando se trata de aulas compostas por um grande número de alunos com cerca de 40 minutos para terminar a aula. Assim, este artigo pretende apresentar uma pesquisa sobre o papel do tempo de fala do professor (TTT) e do tempo de fala do aluno (STT) na promoção de um ambiente de comunicação e colaboração para os falantes não nativos de inglês, numa aula de inglês como língua estrangeira (EFL). Neste livro, forneci definições e teorias do TTT e do STT. Mostrei a diferença entre estas duas teorias favorecendo uma maior quantidade de STT em relação ao TTT e os usos positivos do mesmo. Além disso, realizei um estudo numa das escolas secundárias de Prishtina sobre STT e TTT, onde foram apresentados e analisados em pormenor os dados encontrados nesta pesquisa.
Autorenporträt
Trendeline Haliti Sylaj é Mestre em Língua e Literatura Inglesa, professora na Universidade de Negócios e Tecnologia de Prishtina, Kosovo. Tem um sólido interesse pela investigação. É autora de alguns artigos com foco principal na pedagogia. Tem apenas 24 anos e tem muito para dar no seu campo de especialização.