34,99 €
versandkostenfrei*
inkl. MwSt.
Versandfertig in 6-10 Tagen
17 °P sammeln
  • Broschiertes Buch

Os Principais laboratórios do Brasil utilizam o extrator Mehlich 1 para determinar o potássio trocável no solo. Porém esta solução tem se mostrado pouco eficiente em solos com alta CTC e grande poder tampão de potássio, o que pode ser atribuído a características químicas do extrator Mehlich 1 que podem estar limitando sua eficiência em determinados tipos de solo. Isso pode representar uma estratégia equivocada adotada pela maioria dos pesquisadores brasileiros, uma vez que esta solução tornou-se insustentável na maior parte do mundo e parece seguir o mesmo caminho no Brasil. Uma alternativa é…mehr

Produktbeschreibung
Os Principais laboratórios do Brasil utilizam o extrator Mehlich 1 para determinar o potássio trocável no solo. Porém esta solução tem se mostrado pouco eficiente em solos com alta CTC e grande poder tampão de potássio, o que pode ser atribuído a características químicas do extrator Mehlich 1 que podem estar limitando sua eficiência em determinados tipos de solo. Isso pode representar uma estratégia equivocada adotada pela maioria dos pesquisadores brasileiros, uma vez que esta solução tornou-se insustentável na maior parte do mundo e parece seguir o mesmo caminho no Brasil. Uma alternativa é a utilização de soluções extratoras multielementares como o cloreto de amônio 1 mol L¹, principalmente com a modernização dos laboratórios de análise de solo brasileiros, os quais dispõem de aparelhos como o ICP-EOS que permite a determinação simultânea de Ca, Mg, K, Na, Al e Mn em uma única extração.
Autorenporträt
Graduou-se em Agronomia pela Universidade Federal de Rondônia em 2011. Em 2014 concluiu o mestrado em Ciência do Solo pela Universidade Federal do Rio grande do Sul, onde atualmente é doutorando na mesma área. É Professor do Instituto Federal de Rondônia desenvolvendo pesquisas com solos amazônicos.