17,99 €
versandkostenfrei*
inkl. MwSt.
Versandfertig in 6-10 Tagen
9 °P sammeln
  • Broschiertes Buch

A cultura da cana-de-açucar apresenta-se como uma das principais culturas brasileiras e um período crítico durante sua produção é a renovação do canavial, que deve ocorrer, em média, a cada cinco anos. Grande parte das áreas de renovação do canavial passa o período entre a sua colheita e o plantio de outro ciclo de cana-de-açúcar sem qualquer outro cultivo. Apresenta-se nesses casos uma janela de oportunidade para a rotação de culturas, sobretudo com espécies que tragam benefícios tanto econômicos quanto agronômicos ao produtor e à cultura. Além disso, no sistema de produção da cana-crua, são…mehr

Produktbeschreibung
A cultura da cana-de-açucar apresenta-se como uma das principais culturas brasileiras e um período crítico durante sua produção é a renovação do canavial, que deve ocorrer, em média, a cada cinco anos. Grande parte das áreas de renovação do canavial passa o período entre a sua colheita e o plantio de outro ciclo de cana-de-açúcar sem qualquer outro cultivo. Apresenta-se nesses casos uma janela de oportunidade para a rotação de culturas, sobretudo com espécies que tragam benefícios tanto econômicos quanto agronômicos ao produtor e à cultura. Além disso, no sistema de produção da cana-crua, são características importantes a constante mecanização das operações agrícolas e a elevada quantidade de resíduos de colheita. Assim, os manejos de solo conservacionistas tem sido estudados para a cultura, principalmente devido a dificuldade de incorporação de tais resíduos. Tanto o manejo utilizado, quanto a cultura predecessora interferem na composição da comunidade de plantas daninhas e o conhecimento do perfil desta comunidade permite um manejo adequado das plantas daninhas da área.
Autorenporträt
Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, especialização em Gestão Agroindustrial pela Universidade Federal de Lavras e Mestrado em Agronomia (Produção Vegetal) pela FCAV/Unesp. Atua como Pesquisadora Científica na área de fitotecnia na Agencia Paulista de Tecnologia do Agronegócio.