51,99 €
inkl. MwSt.
Versandfertig in 6-10 Tagen
Entspannt einkaufen: verlängerte Rückgabefrist1) bis zum 15.01.2023
26 °P sammeln
  • Broschiertes Buch

O uso insustentável dos recursos naturais tem contribuído para intensificar a transformação de ecossistemas naturais em sistemas agrícolas, com isso, sistemas biológicos complexos e estáveis são substituídos por sistemas simples e instáveis, provocando assim modificação nos estoques dos componentes orgânicos do solo, por alterar, as taxas de adição e decomposição da matéria orgânica. Com isso, o equilíbrio dos ciclos do carbono (C) e do nitrogênio (N) é alterado e, as entradas de C tornam-se inferiores as saídas, o que acarreta à redução da quantidade e modificação da qualidade da matéria …mehr

Produktbeschreibung
O uso insustentável dos recursos naturais tem contribuído para intensificar a transformação de ecossistemas naturais em sistemas agrícolas, com isso, sistemas biológicos complexos e estáveis são substituídos por sistemas simples e instáveis, provocando assim modificação nos estoques dos componentes orgânicos do solo, por alterar, as taxas de adição e decomposição da matéria orgânica. Com isso, o equilíbrio dos ciclos do carbono (C) e do nitrogênio (N) é alterado e, as entradas de C tornam-se inferiores as saídas, o que acarreta à redução da quantidade e modificação da qualidade da matéria orgânica do solo (MOS). Pode-se dizer que o entendimento das modificações nas propriedades químicas do solo, decorrentes dos diferentes usos, poderá fornecer elementos para produção em bases sustentáveis, uma vez que o conteúdo e a qualidade da matéria orgânica constituem atributos dos solos que podem ser utilizados para avaliar a sustentabilidade dos diferentes tipos de uso do solo.
Autorenporträt
José Deomar de Souza Barros ¿ Mestre e Doutor em Recursos Naturais; Universidade Federal de Campina Grande ¿ UFCG. Professor Adjunto da Universidade Federal de Campina Grande ¿ UFCG. Lúcia Helena Garófalo Chaves ¿ Professora Titular da Universidade Federal de Campina Grande ¿ UFCG.