43,99 €
inkl. MwSt.
Versandfertig in 6-10 Tagen
Entspannt einkaufen: verlängerte Rückgabefrist1) bis zum 15.01.2023
22 °P sammeln
  • Broschiertes Buch

O surgimento dos materiais plásticos modificou muito o dia-a-dia do homem, através da confecção e utilização desses materiais em diversos segmentos sociais e industriais. Mas é justamente uma das maiores virtudes dos plásticos, a durabilidade, que os torna um problema muito grande quando são descartados nos lixões e aterros sanitários. A comunidade científica vem procurando soluções para minimizar as diversas formas de agressão ao meio ambiente. Uma delas são os plásticos biodegradáveis, já que para minimizar o impacto ambiental são requeridos polímeros que possam ser degradados e desapareçam …mehr

Produktbeschreibung
O surgimento dos materiais plásticos modificou muito o dia-a-dia do homem, através da confecção e utilização desses materiais em diversos segmentos sociais e industriais. Mas é justamente uma das maiores virtudes dos plásticos, a durabilidade, que os torna um problema muito grande quando são descartados nos lixões e aterros sanitários. A comunidade científica vem procurando soluções para minimizar as diversas formas de agressão ao meio ambiente. Uma delas são os plásticos biodegradáveis, já que para minimizar o impacto ambiental são requeridos polímeros que possam ser degradados e desapareçam por completo pela atuação de microrganismos. No presente trabalho demonstra-se a biodegradabilidade da espuma de poliuretano derivada do óleo de mamona, aplicando-se métodos analíticos como termogravimetria (TG), espectroscopia na região do infravermelho (IV) e MEV (microscopia eletrônica de varredura). As várias técnicas utilizadas indicaram mudança na estrutura química da espuma de origem vegetal após o ataque de microrganismos, caracterizando um processo de biodegradação; o mesmo não ocorreu com a espuma derivada do petróleo, indicando a manutenção da estrutura da macromolécula.
Autorenporträt
O autor é Bacharel em Química com Atribuições Tecnológicas pela UNESP (1990) e Doutor em Ciências (Química Analítica) pela USP (2006), sendo que em 2016 iniciou o Pós-Doutorado na UNIFRAN. Possui experiência de 10 anos como docente das instituições UNIFEB e UNISEB. Na indústria, apresenta experiência de 10 anos em área química na Amazonas.